Ex.: Agua para elefantes ou Al Pacino
Laboratório de Roteiro no Festival Varilux.

18/04/2017

Abertas as Inscrições para Laboratório de Roteiro do Festival Varilux.


Abertas as inscrições para laboratório de roteiro do Festival Varilux de Cinema Francês 2017


OS ENCONTROS ACONTECEM NO RIO, ENTRE 5 E 9 DE JUNHO, COM A COORDENAÇÃO DE FRANÇOIS SAUVAGNARGUES


O Festival Varilux de Cinema Francês, que anualmente apresenta as relevantes produções recentes da cinematografia francesa ao público brasileiro, promove o Laboratório Franco-Brasileiro de Roteiros, entre os dias 5 e 9 de junho, no Rio de Janeiro. Parte integrante das atividades paralelas que estimulam o intercâmbio cultural no âmbito do Festival, a nova versão do curso desenhado para roteiristas conta com especialistas franceses do Conservatório Europeu de Escrita Audiovisual (CEEA) sob a coordenação de François Sauvagnardes, especialista de ficção e diretor geral do FIPA, o Festival Internacional de Programação Audiovisual (Biarritz, França). As inscrições para concorrer a uma vaga no curso já estão abertas e podem ser realizadas no site do festival. A edição 2017 do Festival Varilux de Cinema Francês acontece em mais de 55 cidades brasileiras, entre 7 e 21 de junho.

Os selecionados, no máximo 15, terão a oportunidade de desenvolver seus projetos de escrita, com foco em roteiros de longas-metragens e de séries de TV. Durante os cinco dias de trabalho, os participantes serão divididos em três grupos sob a direção de um experiente roteirista do CEEA, com posteriores exposições em público e síntese do coordenador. A intenção é explorar as metodologias e fundamentos da construção dramática para que cada autor possa aplicá-los no desenvolvimento de seu projeto de roteiro de ficção e ajudá-los a encontrar sua própria particularidade e finalizar a escrita de seu projeto.

Para concorrer a uma vaga, os candidatos devem encaminhar um dossiê em português ou inglês, contendo storyline, sinopse, currículo e carta de intenção. Os candidatos serão selecionados a partir da análise do Dossiê por um júri composto por François Sauvagnargues, coordenador do laboratório e representante geral do FIPA, por um representante da BONFILM, realizadora do Festival, e por um autor convidado pelos formadores. O idioma de trabalho será o inglês ou o francês. O regulamento, e outras informações sobre o laboratório estão disponíveis no site www.variluxcinefrances.com. A lista dos selecionados será divulgada no site e nas redes sociais do Festival no dia 22 de maio.

O Laboratório Franco-Brasileiro de Roteiros é uma realização a partir da parceria entre o Festival Varilux de Cinema Francês e o Conservatório Europeu de Escrita Audiovisual (CEEA).


Sobre François Sauvagnargues

Iniciou sua carreira na Sociedade Francesa de Produção (SFP) no departamento de documentários, passando também pelo setor de Relações Internacionais e atuou como gerente de vendas na França Mídia Internacional. Posteriormente se tornou administrador de co-produções e aquisições no Canal ARTE França, antes de ser nomeado Diretor do Departamento de Ficção para TV do canal entre 2003 e 2011.

Atualmente é diretor artístico do Festival Internacional de Programação Audiovisual (FIPA).


Fonte: Agência Febre, através de Carminhabo Botelho e Katia Carneiro.