Ex.: Agua para elefantes ou Al Pacino
Workshop do PORTO ALEGRE NOIR

02/04/2018

Abertas as inscrições para os workshops do PORTO ALEGRE NOIR


CINEMA NOIR E SEXUALIDADE





O Noir, como objeto artístico cinematográfico, é "o gênero que nunca existiu". Durante sua ocorrência original, localizada em algum ponto entre o princípio dos anos 40 e meados dos anos 50, nem indústria, nem crítica, nem público jamais utilizaram o termo, em terras americanas, em referência ao que hoje se cultua como Filme Noir. A criação foi dos franceses, inundados por filmes de Hollywood no período pós-Segunda Guerra Mundial.

O Noir não é propriamente um gênero. É um fenômeno, e acima de tudo social. A maior prova que existe? A fascinação que produz e o desejo que desperta a "mística noir".

O Workshop Cinema Noir e Sexualidade, de Fernando Mascarello, vai tratar das bases e conceitos que permeiam toda a produção cinematográfica do período, enfocando com destaque a estética fílmica e o comportamento (a)moral das personagens, particularmente das femme fatales, figuras indissociáveis do imaginário clássico do Noir.

***

FERNANDO MASCARELLO é Doutor em Cinema pela ECA/USP, professos do CRAV (Curso de Realização Audiovisual), coordenador da Especialização em Cinema da UNISINOS e organizador dos livros "História do Cinema Mundial" (7ª edição) e "Cinema Mundial Contemporâneo (2ª edição).




Workshop CINEMA NOIR E SEXUALIDADE de Fernando Mascarello

Data: 15 de abril (domingo)

Horário: 16h15 às 18h45

Local: Cinemateca Capitólio Petrobras

(Rua Demétrio Ribeiro, 1085 - Centro Histórico - Porto Alegre - RS)

Investimento: R$ 45,00

(depósito / transferência bancária ou cartão de crédito)

Realização: Cine UM Produtora Cultural / Fio Produtora Cultural / Cesar Alcázar

Patrocínio: L&PM Editores / Versátil Home Video Apoio: Cinemateca Capitólio Petrobras

Prefeitura de Porto Alegre - Secretaria da Cultura